segunda-feira, 20 de março de 2017

CAMBIRA - Estudante é brutalmente assassinado dentro de colégio

A Polícia Militar informou que o menor foi morto dentro do Pátio da Escola  Rosa de Lúcia Calsavara. O crime chocou a comunidade 
     Um estudante de nome Rafael Sanches Cogo, de 17 anos, foi assassinado na cidade de Cambira com pelo menos nove golpes de faca. O crime ocorreu no pátio da colégio Rosa de Lúcia Calsavara, onde o adolescente estudava. O autor do homicídio foi outro aluno também de 17 anos, que foi apreendido instantes depois. Há informações que ambos os jovens não tinham passagens pela Polícia e estudavam juntos. "A equipe da Polícia Militar, de Cambira, foi acionada pelo 190, para que deslocasse até o colégio onde havia um menor esfaqueado. Chegando ao estabelecimento de ensino, a equipe encontrou Rafael Sanches já sem os sinais vitais. Foi acionado o SAMU, onde o socorrista Luciano Lobo constatou o óbito. Em seguida foi isolado o local de crime e feito o acionamento da Polícia Civil e o IML - Instituto Médico Legal", informou a Polícia Militar. Uma equipe da Rotam que foi a Cambira dar apoio para os Policiais do Destacamento local, conseguiu prender autor em um prédio em construção da Cooperativa Sicredi: "Após informação do homicídio, a ROTAM se deslocou em apoio e mediante características do possível autor, iniciou diligências, sendo o mesmo localizado num prédio em construção (banco Sicred) e confessou o fato. Ele também apontou onde havia dispensado a arma do crime, contudo populares já tinham localizado e entregue os soldados de plantão em Cambira. Diante dos fatos foi dada voz de apreensão ao menor que terminou sendo conduzido à 17 SDP", informou o Décimo Batalhão.  Um detalhe que chama atenção, é a página no Facebook, do homicida, onde ele usava imagens em seu perfil, do personagem Déxter Mórgan, de seriado americano que tem o perfil de assassino. Ao ser preso, o acusado disse que matou o menor porque ele oferecia droga para o mesmo, álibi descartado pela Civil. Clique aqui para ver matéria sobre o acusado.  COMOÇÃO - Em Cambira várias pessoas usaram as redes sociais para comentar o fato e lamentar a morte do menor, pois segundo informações, Rafael era muito querido, estudioso, dedicado e uma pessoa que tinha a amizade de todos. 

2 comentários:

  1. QUE VIAGEM COLOCAR NA MATÉRIA QUE O ASSASSINO TINHA A CAPA DE UM PERSONAGEM FICTÍCIO NO FACEBOOK, É O MESMO QUE PENSAR QUE SE SEU FILHO JOGAR VIDEOGAME ELE SE TORNARÁ VIOLENTO, QUE SE ELE VIR HOMOSSEXUAIS JUNTOS ELE VAI SE TORNAR HOMOSSEXUAL, PELO AMOR DE DEUS, TEM NADA A VER UMA COISA COM A OUTRA.

    ResponderExcluir
  2. Menor vagabundo esse não tem nada ver porque esse menor e um tremendo de um covarde e um cara sangue frio o que falta para ele e levar uma bela de uma surra que motivo teve desse vagabundo tirar a vida do outro .a pena desse vagabundo e de uma semana e depois vai tá sorto para terceirizar e fazer outras vítimas.

    ResponderExcluir