quinta-feira, outubro 17, 2013

Inaugurada- BORRAZÓPOLIS: "Congregação Cristã no Brasil"

Com a participação dos fiéis e pessoas da comunidade foi inaugurada a reforma, aplicação e remodelação do prédio da Igreja Congregação Cristã no Brasil de Borrazópolis


          No dia 12 de outubro, nossa equipe de Reportagem participou da inauguração da ampliação, remodelação e reforma do prédio da Igreja Congregação Cristã no Brasil, de Borrazópolis.  Houve um culto religioso com a participação dos fieis e de pessoas da comunidade. Autoridades, como o Prefeito Municipal Adilson Luchetti e sua esposa Irani, foram convidados para participar.  O acião Ivo de Melo, agradeceu a todos e falou um pouco sobre a doutrina da Congregação Cristã no Brasil. Vale ressaltar que todo o dinheiro investido, foi arrecadado através de doação dos integrantes da Igreja, que cooperam espontaneamente.   A Igreja ampliada ficou ainda mais bonita e confortável para receber a todos.  Em nota nossa reportagem enviou votos de parabéns a comunidade da Congregação. 
UM POUCO SOBRE A INSTITUIÇÃO:  
Na Congregação Cristã no Brasil, o  segue uma ordem preestabelecida mas sem uma liturgia fixa. Os pedidos de hinos, orações, testemunhos e a pregação da Palavra são feitos de forma espontânea e tidos como guiados pelo Espírito Santo. Preza-se a participação coletiva em detrimento de manifestações individualizantes.  Há uma série de práticas no culto como o uso do véu pelas mulheres. A saudação do ósculo santo é realizada entre irmãos e irmãs de per si. O assento é separado nas igrejas entre homens e mulheres. As orações são feitas de joelhos podendo haver até três orações no início do serviço e apenas uma de agradecimento no final.  O padrão de realização do culto é igual em quaisquer de seus templos. Desta forma, um membro participa em qualquer templo ou comunidade com as mesmas atribuições que possui na congregação onde comumente se reúne, a qual o participante chama de comum (congregação).   Organização:  As atividades da Congregação Cristã no Brasil são conduzidas por um ministério  organizado que as exerce sem expectativas de receber salários, distribuído segundo as necessidades de cada localidade, constituído por ancião, cooperador do ofício ministerial, e diácono. Somente os anciãos e diáconos são ministros ordenados.   O Ancião  é responsável pelo atendimento da Obra, realização de batismos, santas ceias, ordenação de novos obreiros (anciães e diáconos), apresentação de Cooperadores do Ofício Ministerial, Encarregados de Orquestras e Cooperadores de Jovens e Menores, atendimento das Reuniões para Mocidade, encarregado de conferir ensinamentos à igreja, cuidar dos interesses espirituais e do bem-estar da igreja, entre outras funções.  Já o Diácono - responsável pelo atendimento assistencial e material à igreja. É auxiliado por irmãs obreiras chamadas de "Irmãs da Obra da Piedade".  Cooperador do Ofício Ministerial  é  responsável pela cooperação nos ensinamentos e presidência dos cultos oficiais bem como pelas Reuniões de Jovens e Menores caso não haja um Cooperador de Jovens e Menores em sua localidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário